sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Portugal com 10,4% de Desempregados


(Esta imagem diz tudo, não é preciso mais palavras)

O líder parlamentar do CDS-PP considerou esta sexta-feira que o crescimento do desemprego é potenciado pelo modelo económico baseado no investimento público, defendendo mais apoio às pequenas e médias empresas para criar postos de trabalho.

Para Pedro Mota Soares, o modelo económico actual, “assente quase única e exclusivamente no investimento público”, é “uma fábrica de desemprego”.

A taxa de desemprego em Portugal aumentou para 10,4 por cento em Dezembro de 2009, indicou hoje o Gabinete de Estatística da União Europeia (Eurostat).

De acordo com o Eurostat, no mesmo período, o desemprego nos 16 países da Zona Euro aumentou para 10,0 por cento, contra os 9,9 por cento em Novembro do ano passado.

Este valor é o mais elevado desde 1998, indica o Eurostat em comunicado.

Em Portugal, o número de desempregados tinha-se fixado em 10,3 por cento em Novembro, segundo o Eurostat.

O Governo, na proposta de Lei do Orçamento de Estado para este ano prevê uma taxa de desemprego de 9,8 por cento.

Já nos 27 países-membros da União Europeia (UE), o desemprego subiu para 9,6 por cento no período em análise, enquanto que em Novembro se situava em 9,5 por cento e no mês homólogo de 2008 era de 7,6 por cento.

Segundo o Eurostat, em Dezembro do ano passado, na União Europeia, estavam desempregados 23,012 milhões de pessoas, dos quais 15,763 milhões na zona euro.

Site do Grupo Parlamentar do CDS-PP

Sem comentários: