segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

CDS CONSIDERA QUE "BOA ATITUDE" DE CAVACO "CONTRASTA" COM ATITUDE DE SÓCRATES

O CDS-PP afirmou este sábado que a "boa atitude" do Presidente da República (PR) na sua mensagem de Ano Novo "contrasta" com o que se tem "vindo a ver e ouvir" da parte do primeiro-ministro, José Sócrates.

O porta-voz centrista Nuno Magalhães referiu que o discurso de Cavaco Silva foi, "na atitude, um bom discurso", com o PR a "exprimir as suas preocupações" em relação ao país. Cavaco Silva, frisou, "não pode de forma alguma ser acusado de contribuir para qualquer conflito, ainda que artificial", no debate político português.

O dirigente do CDS-PP destacou também a mensagem aos desempregados portugueses, com o chefe de Estado a deixar "uma palavra de conforto e de esperança", assinalando que a subida da taxa de desemprego em 2009 atingiu 548 mil pessoas no terceiro trimestre de 2009.

"Acompanhamos o PR quando centra as questões essenciais do país, do ponto de vista social, no combate e apoio ao desemprego. Trata-se de uma situação de emergência social em que vivemos, em que um significativo número de portugueses não tem neste momento trabalho", frisa Nuno Magalhães.

O deputado destacou também a "preocupação" de Cavaco Silva sobre a "necessidade do reforço de políticas em relação à família" e à recuperação "dos valores da família", em alturas de crise, "mas não só".

Site da TSF Online

Sem comentários: