sábado, 4 de abril de 2009

CDS RESPONSABILIZA GOVERNO PELO CONFLITO ENTRE FARMACÊUTICOS E ORDEM DOS MÉDICOS

Paulo Portas, considerou hoje que o conflito entre a Associação Nacional de Farmácias e a Ordem dos Médicos sobre os medicamentos genéricos “deve muito à omissão do Governo” no alargamento do sector.

“O que não é não é todo aceitável é um conflito que deve muito à omissão do Governo e em que amanhã se possa dizer que um medicamento foi mal dispensado e que causou consequências a um determinado doente. Isso que deve ser prevenido e evitado”, defendeu Paulo Portas.

Ler toda a noticia no Site do CDSPP

Sem comentários: